O Festival

A Arte
Urbana

Arte Urbana se refere às manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público. O termo ganhou popularidade durante o boom do graffiti do início dos anos 1980 e continuou a ser aplicado ao trabalho de artistas que escolheram as ruas como a sua galeria. Essa escolha permite a comunicação diretamente com o público em geral, livre dos limites existentes no contexto tradicional da arte. Além da pintura e do graffiti, stencil, lambe-lambe, stickers, instalações e esculturas são técnicas comuns na arte de rua contemporânea. Sua relevância passa, ainda, por seu caráter social que, infundido de valor estético, chama atenção e levanta questionamentos.
 

O Festival CONCRETO

Com a sua primeira edição realizada em novembro de 2013 o Festival Concreto elevou a discussão acerca da Arte Urbana na cidade de Fortaleza, através de diversas ações que reuniram um total de 117 artistas, sendo, dentre esses, 90 locais, 20 nacionais e 7 internacionais, que durante 09 dias, coloriram não só os muros, mas também, a autoestima da cidade de Fortaleza, no Ceará. Figurando como o primeiro evento dessa escala a acontecer no nordeste brasileiro, o Festival Concreto propõe, além de intervenções, workshops, oficinas, exposições, palestras, maneiras de integrar os artistas e o público, por meio de vivências que geram conhecimento e afetividade, em experiências engrandecedoras para todas as partes.


Terceira Edição

O Festival pretende dar continuidade ao trabalho de fomentar a Arte Urbana na cidade de Fortaleza e expandir essa atuação, a outras cidades do estado do Ceará: Crato, Juazeiro do Norte e Sobral. Cidades importantes no que diz respeito a cultura do estado. Queremos nesta próxima edição, ampliar em termos de linguagens e espaços, a atuação das ações, inserindo atividades que dialogam em sintonia com o que está sendo desenvolvido atualmente dentro da Arte Urbana. Para isto, estamos realizando ações interdisciplinares, propondo intervenções que vão do fomento e implantação de mobiliário urbano artístico à performances, vídeos instalações, experimentos sonoros, além de ações voltadas para o público infantil e para a 3ª idade. Para que tenhamos êxito, lhe convidamos a participar da nossa próxima edição, auxiliando na transformação das cidades envolvidas.


Como foi
em 2013
e em 2015

Fortaleza ganhou mais cor desde o último mês de novembro (2013). Foi através do Festival Concreto, primeiro festival internacional de arte urbana realizado no Nordeste, que coloriu não só os muros, mas a auto-estima da cidade. Durante pouco mais de uma semana, os fãs de arte urbana e interessados em geral puderam participar de intervenções pela cidade e também de exposições, workshops, o cinas e palestras sobre o tema a céu aberto, reuniu um total de nove artistas internacionais, vindos da Alemanha, Argentina, Colômbia, Espanha e México. Além dos cearenses selecionados, que foram oitenta (80), vieram artistas de outros estados do Nordeste, além do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Esse museu está aí, nas ruas da cidade, portanto com grande alcance e visibilidade. Acredita-se que cerca de 250.000 pessoas tem acesso diário as pinturas executadas. Esse número foi obtido através de consulta a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) através do uso de veículos nos locais onde foram executadas as Pinturas Murais Gigantes – 20 painéis em grande escala pela cidade, sendo visualizados por grande parte da população fortalezense, turistas e visitantes.