Fernando Catatau

Fernando Catatau é um cantor, compositor, guitarrista, e produtor brasileiro natural de Fortaleza, Ceará.

Em 1996, fundou a banda Cidadão Instigado que possui uma sonoridade única que conquistou críticos e admiradores e que pode ser escutada em discos como: Cidadão Instigado EP (2000), O Ciclo Da Dê.Cadência (2002), Cidadão Instigado E O Método Tufo De Experiências (2005), seu premiado álbum de 2006, considerado o título do ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte – e que o colocou no centro da cena musical brasileira, UHUUU! (2009), eleito pela Revista Rolling Stone o 2o melhor disco de 2009, e Fortaleza (2015) que além de ganhar o Prêmio Multishow como melhor álbum, ficou também entre os melhores discos e shows do ano em todos os meios especializados.

Fernando Catatau possui entre suas marcas registradas um som não usual de suas guitarras e um timbre de voz que remete aos cantadores de música de raiz brasileira. Seu reconhecimento fica por conta de suas composições que são complexas, psicodélicas e com uma temática muito pessoal nas letras. Seus solos também são conhecidos por trazer de volta as influências do rock e da música nordestina.

Como músico, Fernando Catatau, já tocou e gravou com diversos artistas (Arnaldo Antunes, Los Hermanos, Maria Bethania, Vanessa da Mata, Céu, Otto, Nação Zumbi, DJ Dolores, Zeca Baleiro, Karina Buhr …) e também participou de diversas trilhas sonoras para cinema e vídeo, mostrando-se um músico versátil e atuante no cenário musical brasileiro.

Como produtor, produziu o disco “iê, iê, iê” de Arnaldo Antunes, “Avante” de Siba, além de todos os discos do Cidadão Instigado. Recentemente produziu o disco “Viagem ao coração do sol” da banda Cordel do fogo encantado.

Em 2017 foi tutor do grupo Sem Saída no projeto “É nóiz perifa” que aconteceu no CCBJ.